Ensino Fundamental

No Ensino Fundamental, o trabalho é orientado pela consciência de que, nesta fase, são os sentimentos que afloram, predominam e são eles fatores de aprendizagem que precisam ser considerados.

Como o pensar, o sentir e o querer devem ser igualmente desenvolvidos, os elementos científicos, artísticos e morais são reunidos para estimular pensamentos claros, sentimentos ricos e responsabilidade no atuar.

O ritmo escolar acompanha o ritmo da vida: ao iniciar o dia, todas as classes desenvolvem um trabalho denominado “preparação”, que acorda energias e forças da criança que são necessárias à aprendizagem: exercícios rítmicos, poesias, músicas, flautas harmonizam as forças do pensamento, preparando a criança para uma melhor receptividade do ensino no período denominado “aula principal”. Nesta, é desenvolvido o ensino dos conteúdos curriculares trabalhados em unidades chamadas “épocas”. Esta forma de ensino em época tem por critério a economia de tempo, integração e abrangência e dura por cerca de quatro semanas. A uma época segue-se outra, de matéria diferente. Quando, após algum tempo, a matéria é retomada, o conteúdo revive com maior intensidade na memória da criança.

É o professor de classe que trabalha com os alunos a aula principal, segundo o princípio de unidade formativa transdisciplinar. Os professores, no Ensino Fundamental, também têm especialização na pedagogia Waldorf. Na Escola Waldorf, o conteúdo curricular é o oficial, porém acrescido de disciplinas que complementam o desenvolvimento da criança em cada faixa etária: horticultura e jardinagem, trabalhos manuais, artes aplicadas, pintura, música coral e instrumental, inglês e teatro.

Esta é a orientação da pedagogia de Rudolf Steiner, cujo currículo contém a imagem global do homem e do universo, com o tipo de ensino que acompanha sua evolução cronológica.

Currículo

Leia também

Ensino Infantil

Ensino Médio