A educação como fonte de saúde

Pesquisas feitas na Grã-Bretanha apontam para o ambiente das escolas Waldorf como sendo o que apresenta baixa incidência de alergias em crianças, bem como baixo índice de doenças tipicamente infantis.

Pode-se justificar esses dados pelo largo uso de medicina homeopática e/ou antroposófica entre as crianças, pela alimentação rica em verduras e cereais integrais (que são levados a consumo durante a vida escolar), e pela proposta de ensino.

Rudolf Steiner referia-se à pedagogia Waldorf como alimento necessário para o bom desenvolvimento do querer (vontade), sentir e pensar da criança. A escola Waldorf propicia as vivências diárias que permitem à criança utilizar as forças do querer, do sentir e do pensar; sem que qualquer destas vivências seja represada dentro do organismo.

Leia também

Pedagogia Waldorf